supernova

A explosão silenciosa no espaço, por Manoel Belem.

Explodiu. Agora. Toneladas de hidrogênio, bilhões de Hiroshimas, seguem explodindo no espaço e nós não ouvimos nada. Falta meio transmissor, falta matéria, falta intermediador de moléculas. Vácuo não tem nada para atrapalhar o rumo. Nos faz falta um cacoete de filme de ficção cientifica, onde explosão sideral faz barulho e espada a laser tem tamanho finito. Ouvido não funciona no vácuo. Somos surdos num universo que não passa de uma explosão contínua… mas silenciosa.

 

Manoel Belem é físico formado pela USP e escritor. Acabou de publicar o livro “Falsa Dicotomia” e atualmente se empenha em viabilizar sua viagem suborbital em 2015. Visite seu site aqui.

 

 

Comentários