giardino e veneza 031

Tabaimo e sua sopa em Veneza

 

TABAIMO: teleco-soup

O provérbio chinês “Uma rã num poço não pode conceber o oceano“-   acrescentada do adendo japonês- “mas conhece a amplitude do céu” , traduz a estrutura  do  belíssimo trabalho de TABAIMO, no pavilhão japonês da Bienal de Veneza.

Esta é uma metafora  direta da condição do  Japão, uma pequena ilha com costumes próprios, em contato com a globalização.O fenômeno agora é conhecido como Síndrome de Galápagos, já que a pesquisa de Darwin,  mostrou  que um meio ambiente tão  particular como a ilha,  ofereceu condições  para a evolução de algumas especies só encontradas lá.

Composta de espelhos ,vídeo e uma escultura,  esta instalação multimídia  cria um ambiente que nos circunda com  imagens poéticas arrebatadoras, que  falam sobre o dentro e o fora, o conteúdo e o continente, o eu  e o mundo.

 

 

Achei um video que dá para ter uma ideia do trabalho dele na Bienal

 

Comentários