IMG_1783

A mulher que precisa aprender a esquecer

 

 

Jill Price é dotada de uma estranha capacidade de recordar absolutamente tudo da sua vida. Desde fatos banais e corriqueiros como  sequências de seriados da sua infância,  até o cardápio do que comeu no ano anterior. Mas este dom se transforma num  terror pelo  árduo reviver de experiências dolorosas, como a perda do marido. Para ela o tempo não  cura, as feridas passadas estão sempre presentes na intensidade e na dor do momento em que ocorreram . Uma obsessão em colecionar detalhadamente a própria história.

Algumas áreas do seu cérebro são maiores do que a média das pessoas e com um centro de atividade mais presente em áreas semelhante aos portadores de TOC (transtorno obsessivo compulsivo).  Busca desesperadamente um remédio que a ajude a esquecer.

 

 

 

Comentários