MARCO-ZERO-DETALHE-3

“Marco Zero” por Monica Rubinho

Marco zero

As obras de Monica Rubinho, referem-se diretamente à percepção simbólica e afetiva das coisas, estabelecendo limites entre o real e o representado de maneira sutil, através de materiais frágeis e sobreposições de camada veladas, com a intenção de unir instantes, pensamentos e superfícies. Neste processo surgem presenças e memórias.

No caso da obra Marco Zero o suporte utilizado foram fotos da sua avó. Mãos, rosto e olhos grafados com elementos referentes ao marco zero, Praça da Sé,  em São Paulo. Um delicado trabalho sobre a memória

 

 

marco zero -2006

fotografia colorida

poliptico – 4 partes

 

 

 

Nasceu em Guarulhos – 1970, vive e trabalha em São Paulo, capital – Brasil. Bacharel em Artes Plásticas, atua na área desde 1992. Tem em seu currículo participação em diversas mostras, em importantes instituições nacionais e internacionais, assim como obras de sua autoria em vários acervos públicos e privados. Desde 1997 integra o Projeto de Intercâmbio Cultural Linha Imaginária, do qual é coordenadora adjunta. Em São Paulo é representada pela Galeria Virgilio. Desenvolve seu trabalho de pesquisa em objetos, fotografias, desenhos e suportes que supram a necessidade de expressão poética de sua reflexão artística.

 

 

Comentários