copia fiel juliette

Copia Fiel

O que é original? O  que é  cópia?

‘Se a qualidade de uma obra de arte depende do contexto  e está nos olhos de quem a vê, então uma falsificação pode ter a mesma validade do original. É como a imagem da Coca-Cola reinventada pela pop art.’

Essas frases estão presentes nos momentos iniciais do filme  Cópia Fiel,  de Abbas Kiarostami, proferidas na palestra de  James Miller, um escritor inglês que  está na Toscana promovendo o seu livro, Cópia fiel. No entanto a idéia do falso, verdadeiro, permeia todo o filme e  se estende para o âmbito do relacionamento humano. No terreno do sentimentos, o que é real  e o que é imaginário?  Se nos comportamos como um casal, acabamos nos tornando um casal?

Juliette Binoche está belíssima no papel de Elle , uma galerista francesa com quem James passeia por vilarejos lindos, na região da Toscana.

A própria Juliette quando  fixa a câmera  e  cria a ilusão de um espelho, nos mostra a essência do que é o cinema. Durante todo o filme, Kirostami nos faz num momento  acreditar e no outro  desacreditar totalmente,  flutuando de acordo com  nossa própria subjetividade.

Mas eram ou não? Não importa.  No caso, a pergunta é muito mais interessante do que qualquer resposta.

 

 

Comentários