lagrima

SOBRE A ORIGEM DOS ESPELHOS por Gica Yabu

A primeira aparição dos espelhos na história da humanidade data do começo da grande Era Aquela. De acordo com a mitologia selfina, o espelho é fruto do amor de um deus artesão – Argilo – e de uma alquimista pagã, Polia.

Argilo esculpia juras de amor à Polia em fiordes e montanhas, nas nuvens pretas de tempestade e em pétalas de flor. Ela, que como toda mulher daquela época e de anos atuais, adorava ser cortejada por entidades mitológicas, resolveu dar um filho ao seu parceiro celeste.

Durante a gestação de tão amada criatura, todas as coisas da natureza viraram matéria-prima para Argilo, que expressava seu contentamento e excitação criando e dando novas formas ao mundo. No momento do nascimento do filho lá no céu, a surpresa se fez. O pequeno menino nasceu translúcido e, em contato com o ar, assumiu uma textura reflexiva nunca vista antes. Era lindo. Mas ao segurar o bebê, Argilo se viu inteiro nele e chorou. O choro vinha de algum lugar distante dentro de si e foi se espalhando de modo que as nuvens não conseguiram mais conter e romperam no primeiro grande dilúvio da história.

Todas as esculturas de Argilo se dissolveram. Algumas em agonia, outras em tristeza. As criaturas e coisas vivas perderam a poesia e assumiram formas insossas: débeis ou absolutamente simétricas. Em um ato de desespero, querendo estancar aquele estranho sentimento de vergonha, culpa e a tremenda carga de responsabilidade, Argilo arremessou o filho no chão. Frágil que era, o bebê se estilhaçou em milhares de cacos que se espalharam pelo mundo. De acordo com a lenda, Polia abandonou a alquimia e passou o resto de sua vida tentando colar os pedaços do filho, mas eles eram muitos. Argilo nunca mais foi visto, ou louvado e até hoje, milhares de anos depois, as pessoas ainda choram quando se vêem no espelho.

 

 foto banner: ilustração Natasha Xavier

 


Gica Yabu est? sintonizada em uma dimens?o paralela onda nem tudo foi definido ou descoberto e as coisas s?o mais flex?veis. ? filha, m?e, esposa, publicit?ria e enfrenta o espelho todos os dias. Deposita seus escritos em
www.verdevelma.com.br
 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários