Quem já passou aqui

 1a. Edição – SOM, RUÍDO e SILÊNCIO

Macaparana: artista plástico, pernambucano. Começou sua carreira em Recife , onde realizou sua primeira exposição em 1970. Muda-se para São Paulo em 1973, onde vive e trabalha. Atualmente participa de várias feiras internacionais : sparte – sp / arco – madrid  / artebo – bogotá / fiac – paris / arteba – buenos aires / artbasel – basel / miami / pinta – new york / londres

Arnaldo Bassoli: 56 anos, é psicoterapeuta de indivíduos e grupos, adultos e adolescentes, com especializações em Cinesiologia Psicológica e Gestalt- Terapia. É fundador da Escola de Diálogo de São Paulo, onde conduz aulas, seminários e oficinas, e trabalha com organizações de todos os setores. Pratica meditação e estuda o conhecimento tradicional, principalmente do budismo e da mística cristã.

Malu Alves: escritora e tem um livro publicado, Velho é o espelho, pelo Ateliê Editorial.

Isabela Quintella: escritora formada em Publicidade pela UFRJ.

Marcos Lima: tem 68 anos,  33 anos de Odebrecht, onde é CEO da  Companhia de Seguros da empresa -O.C.S.

Manoel Belem: físico formado pela USP e escritor. Acabou de publicar o livro “Falsa Dicotomia” eatualmente se empenha em viabilizar sua viagem suborbital em 2015.

 Christian Jack  Heymes: É  frances, radicado no  Brasil. Arquiteto e antiquarista é especialista em Arte Tribal. Ministra cursos sobre o assunto no MASP.

2a. Edição – SOMOS MÚLTIPLOS

Julia Kater: Formada em Fotografia pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP). Participa regularmente de coletivas no Brasil e no exterior. Em 2011 participou da exposição coletiva Idioma Comum, na Fundação PLMJ (Lisboa, Portugal, 2011) e Changes, no Banco Mundial, Washington (EUA).

Eduardo Muylaert: Advogado criminal e fotógrafo. Foi professor da PUC/SP, Procurador do Estado, Secretário da Justiça e da Segurança Pública no Governo Montoro, Presidente do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. e Juiz do TRE/SP.

Maria Alice Vergueiro: atriz, estreou em teatro no ano de 1962, no espetáculo A Mandrágora, sob a direção de Augusto Boal. Passou pelo Teatro Oficina, onde atuou na histórica montagem de O Rei da Vela , de Oswald de Andrade, sob a direção de José Celso Martinez Corrêa.

Stéphane Malysse: é antropólogo e artista. Doutor em Antropologia Social pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS /Paris). Pesquisador associado do departamento de Antropologia da Goldsmith (Londres).

Regina Müller: doutora em Antropologia pela Universidade de São Paulo, com pós-doutoramento no departamento de Performance Studies/New York University e livre-docente em Antropologia da Dança pela Universidade Estadual de Campinas, onde é professora no Departamento de Artes Corporais do Instituto de Artes.

Carolina Rubira:Carolina Rubira é estudante de Letras e, há dois anos, vem estudando a obra de Julio Cortázar com ênfase na influência do jazz na narrativa do autor.

Leila  Youssef Kuczynski  Psicóloga  e chef do Restaurante Arabia

3a. Edição – A TRANSITORIEDADE DAS COISAS

Graça Cabral: jornalista, com mais de 20 anos de experiência no mercado de comunicação e marketing, com foco em pensamento estratégico, branding e projetos especiais. É sócia fundadora da empresa Luminosidade, criadora e organizadora do São Paulo Fashion Week.

Néle Azevedo: É mestre em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista – UNESP em 2003, Bacharel em Artes Plásticas pela Faculdade Santa Marcelina em 1997. Em 1998 inicia sua carreira com uma instalação de esculturas em ferro no Centro Cultural dos Correios – RJ e ganha o prêmio aquisição no Salão de  Arte Contemporânea de Santo André-SP.  Em 2002 recebeu o prêmio viagem ao Japão pelo Salão Bunkyo com um trabalho de instalação de esculturas em acrílico. No final de 2001 dá início às  intervenções no espaço urbano com o Projeto Monumento Mínimo tendo como eixo de discussão os monumentos públicos nas metrópoles contemporâneas.

Ana Peluso: Ilustradora, escritora, poeta, participou de algumas antologias, não sabe quando lança livro. Tuíta como  @anapeluso.

Fernando Lemos: Artista plástico português,  nasceu em 1926, em Lisboa. A sua atividade estende-se a áreas como a pintura, desenho, fotografia, gravura, artes gráficas e poesia.Vive no Brasil desde 1953,  quando deixou  Portugal em virtude da sua oposição ao regime salazarista. Ganhador de inúmeros prêmios,  Fernando Lemos  está em cartaz com uma retrospectiva da sua obra  na pinacoteca do estado de São Paulo.

Adrienne Myrtes nasceu no Recife/Pernambuco e vive em São Paulo desde 2001. É também artista plástica. Publicou o livro de contos: A Mulher e o Cavalo e outros contos (Editora Alaúde, EraOdito Editora, 2006), a novela juvenil: A Linda História de Linda em Olinda (Editora Escala educacional, 2007) este último em parceria com o escritor Marcelino Freire e participou, das antologias Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século (Ateliê Editorial, 2004) e 35 Segredos para Chegar a Lugar Nenhum – Literatura de Baixo-Ajuda (Bertrand Brasil, 2007) entre outras. Eis o Mundo de Fora é seu primeiro romance e foi contemplado com o Prêmio Petrobras edição 2008/2009.

4a. Edição – OS SENTIDOS

Ateliê No Escuro nasceu em janeiro de 2008, a partir de uma visita ao Dans Le Noir em Paris. Foi fundado pelas psicólogas Elis Feldman e Maria Lyra, formadas pela PUC-SP no mesmo ano

Filipe Franco é videomaker e apaixonado por música. Procura viver em paz em São Paulo com sua esposa e uma colônia japonesa.

Roberto Mícoli vive e trabalha em São Paulo . Produz e expõe pinturas e objetos com muita cor.Alguns deles em acervos de museus como o MASP, o MAC, a Estação Pinacoteca e também coleções particulares.

Monica Rubinho vive e trabalha em São Paulo, capital – Brasil. Bacharel em Artes Plásticas, atua na área desde 1992. Tem em seu currículo participação em diversas mostras, em importantes instituições nacionais e internacionais, assim como obras de sua autoria em vários acervos públicos e privados. Desde 1997 integra o Projeto de Intercâmbio Cultural Linha Imaginária, do qual é coordenadora adjunta. Em São Paulo é representada pela Galeria Virgilio. Desenvolve seu trabalho de pesquisa em objetos, fotografias, desenhos e suportes que supram a necessidade de expressão poética de sua reflexão artística.

5a. Edição – MEMÓRIA

José Geraldo Couto é jornalista, crítico de cinema e tradutor. Escreveu os livros André Breton – A transparência do sonho (Brasiliense), Brasil: Anos 60 (Ática), Florianópolis (Publifolha) e Futebol brasileiro hoje (Publifolha). Mantém uma coluna de cinema no blog do Instituto Moreira Salles.

Alex Salim, mineiro  é fotógrafo documental,  viveu na cidade de São Paulo por quase 30 anos e atualmente mora no Rio de Janeiro. Há mais de 20 anos, desenvolve projeto para divulgar aspectos da cultura negra ainda pouco conhecidos nos grandes centros do Sudeste, visando preservar a identidade cultural étnica. Participou de exposições em centros culturais do Brasil, Dinamarca, Itália e Inglaterra. Além disso, tem diversas publicações em veículos nacionais e internacionais, como a Time -USA , livros de arte, e da participação em e centenas de livros didáticos e paradidáticos.

Paulo Markun nasceu em São Paulo, em 1952. Jornalista profissional desde 1971, já foi repórter, editor, comentarista, chefe de reportagem e até mesmo diretor de redação em emissoras de televisão, jornais e revistas. Por dez anos, apresentou o Roda Viva da TV Cultura. Presidiu o Santacine, Sindicato da Indústria Audiovisual do Estado de Santa Catarina, onde vive desde 1998 e a Fundação Padre Anchieta, responsável pela gestão da TV Cultura, Univesp TV, Multicultura, Cultura Brasil e Cultura FM. Markun criou veículos de comunicação (Pasquim São Paulo, Imprensa, Radar, Deadline, Jornal do Norte); escreveu treze livros, dirigiu vários documentários e vídeos. No momento, trabalha como consultor da Unesco na reformulação da TV Escola do MEC. Criou o Brado Retumbante, projeto multimídia que resgata a história da luta pela democracia. Prepara uma série de documentários sobre arquitetura para o SESCTV. Em razão de sua larga experiência como jornalista e apresentador, Paulo Markun atua frequentemente como mediador e mestre de cerimônias.

Livia Garcia-Roza nasceu no Rio de Janeiro e é psicanalista, pós-graduada em psicologia clínica, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Estreou na literatura em 1995, com o romance Quarto de menina, que ganhou o selo altamente recomendável da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ). Desde então lançou vários outros romances, livros de contos e infanto-juvenis; entre os quais Meus queridos estranhos, Cartão-postal, A cara da mãe e A casa que vendia elefante.  A autora é casada com o também escritor e psicanalista Luiz Alfredo Garcia-Roza.

Luciana Gerbovic – advogada, leitora e escritora (ou escrevinhadora?).

6a. Edição – A MENTIRA

Ruy Fernado Barboza , jornalista, psicólogo e advogado, é editor de Texto da revista Retrato do Brasil. Como psicólogo, formou em Brasília, nos anos 90, monitores para um programa de apoio emocional a pacientes de câncer e familiares. Dirigiu em Brasilia a Rádio e a TV Justiça, do Supremo Tribunal Federal, em 2010, por cinco meses.

Maria Elisabeth Montagna é doutora em Psicologia Clínica Pela PUC/SP e é  estudiosa e admiradora da obra de Dante Allighieri.

Georgia Quintas é professora e pesquisadora no campo da teoria, filosofia e crítica da imagem fotográfica. Doutora em Antropologia pela Universidade de Salamanca (Espanha), mestre em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e pós-graduada em História da Arte pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP/SP. Atualmente, é Coordenadora da Pós-graduação em Fotografia da Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP/SP. Autora do livro “Man Ray e a Imagem da Mulher – A vanguarda do olhar e das técnicas fotográficas” (CEPE, 2008).

Alex Cerveny nasceu em 1963, em São Paulo, onde até hoje vive etrabalha. Sua formação aconteceu principalmente nos ateliers de doisartistas: Valdir Sarubbi e Selma D’affrè, com os quais estudou desenho e gravura; e para os mesmos, trabalhou como assistente entre 1979 e 1984. Expõe regularmente desde 1982. Seus desenhos, gravuras, bronzes, azulejos e pinturas estão sempre carregadas de história.Paralelamente, realizou atividades ligadas ao ensino livre da arte e à contínua produção de desenhos de ilustração para jornais, livros e revistas.

7a. Edição – A TOPOGRAFIA DA CULPA

André Gravatá, 21 anos, é jornalista, colaborador de revistas como Vida Simples e Superinteressante. É especialista em traças e desdoutor pela Universidade do Espanto Diante da Vida. Idealizador do TEDxJovem@Ibira.

Sani Rifati é um percussionista romani, cantor, dançarino e instrutor de danças. Também é presidente do Voice of Roma e Produtor de festivais e diretor artistico.

Rita Ortiz é psicanalista clínica, com especialização em psicofarmacologia, trabalhou durante 25 anos em saúde mental e nos últimos 5 anos vem trabalhando com adolescentes vítimas de violência familiar. Reside em Salvador.

Thiago Martins de Melo (São Luis-MA, 1981) é artista visual, formado em Psicologia(UNICEUMA, 2005), mestre em Teoria e Pesquisa do Comportamento(UFPA,2008). Realizou individuais na Fundação Joaquim Nabuco (2009 ) e Centro Cultural São Paulo(2010). Foi selecionado pelo programa Rumos Artes Visuais 2011-2013, Itaú Cultural.

Adriana Rossatti, 35 anos, é pseudo-escritora, ex-fumante e viajante compulsiva.

Eva Maria Lazar é economista, publicitária e tradutora. Importada da Hungria no primeiro ano de vida.

Victor Zalma é ilustrador e cartunista pernambucano.

Irmã Valentina Augusto é  freira da Congregação das Irmãs Salesianas há 50 anos. Estudou Pedagogia e Filosofia na Fatea de Lorena, SP e Orientação Educacional na PUC/SP. No ano de 1992 estudou em Roma, residindo na Casa Geral das Irmãs Salesianas.

8a. Edição – DESEJO

Gal Oppido  é fotógrafo-ensaísta, com participações em exposições nacionais e internacionais. Dentre outras exposições realizou, em 2011, Antífona, no Museu Afro Brasil, e São Paulo Mon  Amour, na Maison de Mettalos, em Paris. Recebeu o premio APCA, como melhor fotógrafo pelo conjunto da obra, em 1991. Ministra curso de fotografia autoral no MAM-SP, desde 2001.

Cristiane Nistal é psicóloga clínica com especialização em Reich  pelo Sedes  Sapientae e em Análise Bioenergética pela SOBAB- Sociedade Brasileira de Análise Bioenergética- onde atua como professora. Há 20 anos vem atuando na area da psico-oncologia como coordenadora de grupos de apoio emocional a pacientes com  cancer no CORA- Centro Oncológico de Recuperação e Apoio.

Xico Sá, escritor e jornalista, é autor de “Modos de macho & Modinhas  de fêmea” (ed.Record 4a. edição) e “Chabadabadá – aventuras e desventuras do macho perdido e da fêmea que se acha” (Record, 3a. edição)

Regina Datti é  produtora, escritora e arteira.

Luiz Horta é colunista de vinhos do suplemento paladar do jornal o estado de são paulo.

Vania Assaly é médica endocrinologista e nutróloga.  Participa de congressos  e simpósios no Brasil e exterior, atuando na área de Medicina Funcional,  e  Terapia de Reposição Hormonal (Hormone Balance for Health).

Leya Mira Brander (1976, São Paulo / SP) trabalha com gravura em metal desde  1993.Participou de exposições individuais e coletivas no Brasil e no Exterior e da 28a Bienal de São Paulo, em 2008.

Carolina Chagas, 41,  é mestre em Comunicação e Semiótica e  trabalha na coordenação do Jornalismo da Rede TV! Também é autora  de O Livro das Graças, do Publifolha, e de outros seis livros sobre o tema. Está fazendo a pesquisa do filme Marias, de Joana Mariani (sobre as várias  evocações de Nossa Senhora adoradas na América Latina).

9a. Edição – TRAVESSIAS  

Dra. Sukie Miller, PhD, psicóloga, foi diretora do Instituto Esalen e membro do conselho do Instituto C.G. Jung de São Francisco. É autora de Quando uma criança morre  e Depois da Vida (ambos publicados em português pela Summus Editorial). Trabalhou nas áreas de educação, comunicação e medicina. Atualmente reside em São Paulo e atende no seu consultório pacientes individuais, casais e grupos. Também  supervisiona o trabalho de outros profissionais.

Rosângela  Dorazio nasceu em Araguari, Minas Gerais em 1963. Vive e trabalha em São Paulo.Graduada em Licenciatura Plena em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado. Possui obras no acervo do MAM de São Paulo, MAC de Americana, MAC Dragão do Mar, SESC São Paulo.

Silvana Parisi  é  psicóloga clinica de orientação junguiana com mestrado e doutorado pelo  Instituto de Psicologia da USP.

Bel César é psicóloga, pratica a psicoterapia sob a perspectiva do Budismo Tibetano desde  1990. Desde 1991, dedica-se ao  acompanhamento daqueles que enfrentam a morte.

Marcelino Freire  é escritor. Autor, entre outros, do livro de contos “Angu de Sangue” (Ateliê  Editorial) e de “Contos Negreiros” (Editora Record – Prêmio Jabuti 2006). Em 2004, idealizou e organizou a antologia “Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século” (Ateliê).É o criador e curador da Balada Literária.

Alberto Cidraes, nasceu em 1945 em Elvas, Portugal. Estudou arquitetura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa (ESBAL), em 1970, e parte para o Japão para fazer pós-graduação em arquitetura tradicional japonesa na Universidade de Kyushu, conhecendo e dedicando-se a cerâmica. Vive em Cunha

Edith Derdyk  tem realizado exposições coletivas e individuais no Brasil (MAM- SP/RJ, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Centro Cultural Banco do Brasil/RJ, MASP, Centro Cultural São Paulo, Instituto Tomie Ohtake, Paço das Artrs_SP, Paço Imperial_RJ, Casa das 11 Janelas_Bellém e outras) e no exterior (México, EUA, Alemanha, Dinamarca, Colômbia, Espanha, França, Suíça, Bélgica).

Thelma Schinner é astróloga e  trabalha com atendimentos desde 1988.  Também atua há quatorze anos como terapeuta de JIN SHIN JYUTSU – técnica milenar de reequilíbrio físico e energético pelo toque das mãos sobre pontos do corpo.

10a. Edição – A CASA

Arnaldo Battaglini  é artista plástico e frequentou a Wimbledon School of Art e a Middlesex Polytechnic onde estudou desenho, gravura e pintura.

Beto Palaio é um profissional de criação em propaganda que se tornou editor de revistas e catálogos de arte a  partir dos anos 90. Ele próprio é um aquarelista premiado em várias exposições desde 1980. Recentemente, nos anos 2000, tem se dedicado à literatura e tem escrito centenas de contos e novelas

Noemi Jaffe é escritora, professora de  literatura brasileira e crítica literária. Colabora com a Folha de S.Paulo.

Luís Antonio Magnani é arquiteto e restaurador de bens culturais com especializaçao em Florença. Atuou nos restauros do Complexo daFigueira do Gasômetro de São Paulo

Mary Jane A. Paiva  é psicóloga clínica,  psicoterapeuta e analista reichiana. Diretora da  Sovesp(Sociedade de orgonomia e vegetoterapia de SPaulo ), escola coligada a  Siar (Escola italiana de Analise Reichiana).

Sandra Strauss é engenheira biotecnóloga formada em Israel, estuda assuntos energéticos relacionados à medicina da casa desde 2000. Trabalha como consultora ambiental baseando-se no princípio da constituição energética de cada lugar (residências, empresas, escritórios, consultórios, terrenos…) programando o fluxo vital e integrando-o de forma particular e dinâmica com as pessoas.Ministra cursos no Centro de cultura MIDRASH , no Rio de Janeiro

Barbara  Arvanitidis é filha de gregos, mas nasceu no Canadá e viveu 15 anos em Londres. Na Inglaterra, ela trabalhou como jornalista para grandes companhias de media internacional. É apaixonada por noticiário Internacional, mas o que realmente a faz feliz é cozinhar, comer e beber um bom vinho.

11a. Edição – O OUTRO

Caio Vilela nascido em São Paulo pouco antes da Copa de 1970, é  fotógrafo, jornalista e colaborador de diversos veículos de mídia no Brasil e no  exterior. Produziu reportagens em mais de 60 países em todos os continentes, inclusive na Antártida, para a Folha de S.Paulo, Rolling Stone, Playboy, Elle, TAM nas Nuvens, Superinteressante, Viagem & Turismo, Horizonte Geográfico, Vida Simples, Jornal da Tarde e outras publicações.

Gui Mohallem é fotografo, foi educador e colaborador pedagógico de projetos sociais de cinema e educação durante mais de 3 anos

Flavio Cafiero é  escritor, carioca de nascimento, paulista por quilometragem. Tem um diploma de publicitário guardado em algum canto. Um dia foi gerente, por um desses acasos. Hoje é desempregado por opção, mas nem tanto

Sergio Zlotnic é psicanalista, doutor em psicanálise pela USP e colunista mensal do portal da SP Escola de Teatro. É professor do curso ‘diálogos psicanálise/teatro’ na mesma escola e pesquisador de temas que conectam o campo das artes e as contribuições freudianas

Marie Ange Bordas Artista multimedia e  educadora, mestra em Imagem e Som pela ECA/USP, com especialização no International Center of Photography / NY.

Roberta Wall é advogada, mediadora, trainer, mãe, ativista,  praticante de mindfulness e coach. Divide o seu tempo entre Israel e os Estados Unidos. Com seus parceiros em Israel e na Palestina, treinou centenas de pessoas de diferentes comunnidades no Oriente Médio. Seus workshops e retiros são inspirados em Comunicação Compassiva Não Violenta( NVC)  desenvolvida pelo Dr. Marshall Rosenberg , mestres budistas como  Thich Nhat Hanh e o Dalai Lama, e por professores e rabinos da sua tradição de raiz, judaica.

12a. Edição – O TEMPO

Renata Har é brasileira e nasceu em 1981. Em 2005 se mudou para Paris e  formou-se em Artes Plasticas na Ecole Nationale Superieure de Beaux Arts no atelier de Christian Boltanski. Seu trabalho é livre de categorizaçoes e busca a contaminaçao dos meios. A artista produz instalações, desenhos, videos e livros de artista, explorando seus limites e buscando intersecções entre eles.

Rodrigo Maltez Novaes é formado pela University of Gloucestershire e pós-graduado pela University of the Arts na Inglaterra, é artista plástico e Doutorando na European Graduate School e na Universität der Künste Berlin. Atua nas áreas de pintura, filosofia, mídia e comunicação e atualmente vive e trabalha em Berlim

Claudio Mello Wagner é psicólogo, Dr.  em Psicologia Clínica, Psicoterapeuta.

Susie Verde é astróloga profissional há mais de 20 anos, membra da associações britânica e americana de astrologia, e do Sinarj, Sindicato dos Astrólogos do Rio de Janeiro. Susie é palestrante internacional, tendo apresentado trabalhos de astrologia em conferências na Europa, Estados Unidos e Australia

André Feliciano Jardineiro Sou jardineiro de arte.No campo das artes existem várias profissões, como historiador, critico, artista e jardineiro. Cada uma tem uma relação específica com o tempo da arte.

Freddy Ortiz é Baba Kekerê do Ilê Odé Omin Logui em Salvador, Bahia. Terapeuta corporal, trabalha com Pilates, RPG, Acupuntura  e  Massoterapia.

Matheus Lobo é Doutor em Física Teórica. Coordenador do Café Quântico. Empreendedor Social.

May Parreira e Ferreira é paulista de Ibitinga, Psicóloga, com formação em Psicodrama e Psicanálise. Professora, supervisora e terapeuta durante 25 anos, deixei o ofício das palavras faladas para me dedicar às palavras escritas. Atualmente, como editora, trabalho na revisão, edição de textos, leitura crítica e coordenação editorial.

13a. Edição NÚMEROS

Tillmann Lange nasceu em Cottbus, Alemanha em 1981, ele iniciou seus estudos na Universidade Técnica de Dresden, Alemanha em 2011 em Ciência da Computação. Durante esse período ele iniciou um estudo paralelo em pintura na Academia de Artes Dresden. Em 2005 ele se mudou para Berlin, onde ainda mora e trabalha como designer gráfico e estuda pintura no Berlin Weissensee Universidade de Artes.

Barbara Abramo é  paulistana, astróloga desde  1981, é horoscopista da Folha de São Paulo e da UOL.

Tuneu (Antonio Carlos Rodrigues) é pintor e desenhista. Estudou com Tarsila do Amaral entre 1960 e 1966 e recebeu influência de Wesley Duke Lee. Foi assistente de Willys de Castro e Hércules Barsotti durante vários anos.

Christian Heymes é frances,radicado no Brasil há 40 anos, arquiteto,decorador e antiquario, agora especializado em  arte tribal: Africa, Oceania e Asia. Ministrou cursos sobre arte africana no Masp. Escreve para revista eletronica Taste.

Samir  Mesquita é autor dos livros de microcontos Dois Palitos (2007) e 18:30 (2009). Participou da mostras de literatura e artes no Brasil, Argentina, Itália e Inglaterra. Tem textos publicados nas revistas Playboy, Claudia, Carta na Escola, Carta Fundamental, Revista da Folha, Gloss, entre outras.

Reynaldo Bosquet  é músico, redator publicitário e idealizador do blog “ basstalks.com”. Como músico, trabalhou com Tom Zé durante dois anos e fundou a primera escola de música do Brasil especializada em rock e british pop.

Katia Queiroz é graduada em matemática pura e aplicada pela Universidade Mackenzie.Coordenou projetos de informática aplicada à educação (com 2 livros didáticos publicados sobre o tema). Ministrou aulas de matemática e raciocínio lógico para alunos do ensino fundamental e médio.

 

14a. Edição – O PROIBIDO

Paloma Zaragoza é formada em jornalismo resolvou seguir os estudos em gastronomia.

Belkis Trench é doutora em Psicologia pela Universidade de São Paulo , pesquisadora do Instituto de  Saúde e trabalha com pesquisas  fotoetnográficas. É co-diretora do documentário Coisa dos Homens e organizadora dos livros,  Almanaque Zero e Nós e os Outros

Laerte Coaracy  nasceu em São  Paulo em 1943 e passou a  infância entre a Urca e Paqueta. Professor concursado da Universidade do  Chile durante o governo da Unidade Popular. Depois do assassinato de Allende, acabou indo trabalhar na França onde é psicanalista há muitos anos.

Marcelo  Ariel é escritor e poeta, autor de TRATADO DOS ANJOS AFOGADOS ( Letraselvagem,  2008), SAMBA COLTRANE ( Yi Yi Jambo,2009), CONVERSAS COM EMILY DICKINSON E  OUTROS POEMAS ( Multifoco, 2009) , COSMOGRAMAS ( Rubra Cartoneira, 2012)  entre outros.

Nazareth Pacheco e Silva é artista visual e  mestre pela ECA/USP.

Eduardo Muylaert é advogado criminal e fotógrafo. Publicou O Espírito dos Lugares (3º Nome, 2003), e Boa Noite, Paulicéia! (Pinacoteca, 2006).

Marcia Tiburi é graduada em filosofia e artes e mestre e doutora em filosofia pela  UFRGS.

 

15a. Edição – AUTOAJUDAS

 

Sergio Klepacz é paulista, formado pela Faculdade de medicina da PUCSP em 1980.Especialista em psiquiatria pela Faculdade de ciências médicas da Santa Casa de São Paulo em 1983.Mestre em psicofarmacologia pela Unifesp 1987.

Iole Lebensztajn é formada em Medicina pela Universidade de  São Paulo.  Mantém consultório em São Paulo e é autorizada pela  JSJ, Inc. para ministrar Cursos e Seminários de Jin Shin Jyutsu no Brasil e em todo o mundo.

Gabriela Pelosi é paulistana, musicoterapeuta e musicista.

Laura Villares de Freitas é psicóloga clínica, analista junguiana; trabalha em consultório há mais  de 30 anos. É também professora no Instituto de Psicologia na USP

Luciana Miranda Penna é das palavras e dos felinos. No momento, roteiriza Orlando, de Virginia Woolf para Grafic Novel; Uma aprendizagem ou  livro dos Prazeres, de Clarice Lispector, para longa-metragem. Seu primeiro romance Viagem a Casa da Mãe Joana, selo Edith, está no prelo.

Mirna Grzich é atriz, jornalista e terapeuta, trabalha há 30 anos com terapia humanística e transpessoal, ecologia e sustentabilidade.Criou o programa Música da Nova Era em várias rádios brasileiras.

Sukie Miller, Ph.D., é norte-americana. Residiu em Nova York e na  Califórnia e mora atualmente em São Paulo, Brasil. Fundadora do Instituto para o   Estudo da Medicina Humanística, foi também uma das primeiras diretoras do Instituto  Esalen.

Stéphane Malysse é antropólogo e artista. Doutor em Antropologia Social pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS /Paris).

 

16a.Edição – O QUE ME AFETA

Armando Prado  é comunicador por formação, trabalhou como fotojornalista em jornais como o Estado de São Paulo e Jornal da Tarde . Desde 1980 vem publicando e expondo regularmente no Brasil e no exterior.

André Gravatá é jornalista e membro do coletivo Educ-ação. Colabora com revistas como Vida Simples e Superinteressante. Também é organizador do TEDxJovem@Ibirae do TEDxSéED.

Pedro Vieira Abramovay é formado em direito pela USP, tem mestrado em direito constitucional pela UnB, e é doutorando em ciência política pelo IESP-UERj Foi secretário de assuntos legislativos do ministério da justiça e secretário nacional de justiça. Atualmente é professor da Fgv Direito Rio e diretor de campanhas da Avaaz.

Juliano Garcia Pessanha é escritor e ensaísta. Publicou a trilogia Sabedoria do nunca (1999), Ignorância do sempre (2000), Certeza do agora (2002) além de Instabilidade perpétua(2009), todos  pela  Ateliê Editorial.

Natalia Barros é cantora, poeta e jardineira.Contemplada pelo Proac 2011 de literatura, acabou de editar seu primeiro livro, Caligrafias, pela Ofício das Palavras Editora, com seus poemas, mini contos e ilustrações.

Jessica Cooke é artista plástica nascida em São Paulo, reside em Berlim, Alemanha onde estuda artes visuais na Universidade de Artes, Berlin (UdK – Universität der Kunst), sob tutoria da artista Susanne Lorenz

Marilene Damaso de Oliveira é  psicóloga clínica e  psicoterapeuta junguiana. Especializada em transtornos da alimentação e dependências comportamentais ministra cursos nestas áreas e publicou artigos sobre estes temas em revistas especializadas.

Armando Prado  nasceu em 1952 , em São Paulo .Comunicador por formação, trabalhou como fotojornalista em jornais como o Estado de São Paulo e Jornal da Tarde . Desde 1980 vem publicando e expondo regularmente no Brasil e no exterior . Professor convidado do curso de pós graduação da FAAP , tem seus trabalhos em coleções públicas e privadas , como Masp , Itaú cultural . É Consultor da Fauna Galeria e curador da Mostra SP de Fotografia.

 

17a. Edição – O FIM DO MUNDO

Amâncio Friaça é astrofisico, professor livre-docente do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade
de São Paulo (IAG-USP). Pesquisador nas áreas de Evolução de Galáxias, Cosmologia e Transdisciplinaridade e Astrobiologia.

Nestor Müller é mestre em filosofia pela UFSCar. Foi professor convidado da  PUCSP e do Instituto Teológico Pio XI, em São Paulo.

Flávia Reis é escritora e sente inveja da obra escrita pelo apóstolo João.

Mark Lund é palestrante em diversas outras áreas: para empresas de surfwear sobre “A Espiritualidade Havaiana”; na Casa do Saber e na USP sobre “A Visão Cética do Aquecimento Global”; no TEDx daluz sobre “A Jornada do Herói” de Joseph Campbel. Porém, há 10 anos um dos temas favoritos tem sido a “Arqueo-Astronomia”, que sonda a astronomia escondida por trás das obras da mitologia (narrativas e monumentais). Baseado nesses estudos ministrou muitas palestras sobre a mitologia astronômica dos Mayas e outros povos, e acabou se tornando um profundo conhecedor do calendário Maya.

Sylvia  Mello Silva Baptista formou-se em Psicologia pela PUC-SP. É analista junguiana, membro da Sociedade Brasileira de Psicologia  Analítica, e escritora.

Rachel Rosalen é artista visual  com  obras expostas em Tokyo, Yokohama, Paris, Zurich, Basel, Buenos Aires, São Paulo, Rio de Janeiro, Nápoles, Roma, Milão, Atlanta entre outros.

Gabriela Pelosi é paulistana, musicoterapeuta e musicista.Acredita imensamente no potencial da música para o desenvolvimento humano e com certeza seguiria  o flautista de Hamelin.
 

18a. Edição – RECOMEÇOS

Mariana Klopfer é  nutricionista formada pela Universidade de São Paulo, com estágio no laboratório de estudos integrados de psicologia, nutrição e atividade
física da Universidade de Leeds, na Inglaterra. Membro do laboratório de Nutrição e Metabolismo Aplicado a Atividade Motora EEFE-USP desde 1998. Proprietária da empresa Nutricius desde 2003.

Gustavo Nassif é filósofo pela PUC/SP e mestrando em filosofia.

Cassia Aresta  é artista plástica e reside em Florianópolis. Estudou com Tuneu, Dudi Maia Rosa, Paulo Pasta entre outros.

Cristina Aiach Weiss é formada em administração de empresa pela FEA/USP com especialização em gestão de pessoas pela Universidade de Michigan e FGV. Atualmente é Diretora de Recursos Humanos para a América Latina em um banco alemão. Formada em coaching executivo, intermediação de conflitos e técnicas interrogatórias, é casada e tem uma filha de 5 anos. É idealizadora do site www.thenewlife.com.br.

Elidia NovaesEscrevo, reviso, traduzo, às vezes ensino. Já geografei, já comuniquei, já pesquisei, já bailei, já florete-ei. Sou filha, tia, irmã e cunhada. E amiga, bem amiga. Adoro escrever, mas ainda não sou escritora. Talvez seja dramaturga, isso também está sub judice. Viajo menos do que mereço ou gostaria. Trabalho mais do que mereço, embora goste. E rio, sempre que possível; às vezes mesmo sem essa condição. 

Lina de Albuquerque completou o curso de Jornalismo na PUC-SP e deixou pela metade o de Filosofia e um mestrado na USP. Trabalhou nas revistas Veja, Claudia e nos jornais O Estado de S.Paulo e Jornal do Brasil. Foi subeditora de IstoÉ e editora da revista Marie Claire, onde ganhou o primeiro prêmio Ayrton Senna de Jornalismo, com a reportagem A Dança das Severinas.

Denise Vieira Ieno é psicoterapeuta. Formada em psicologia pela PUC/SP, fez especialização em psicanálise no Instituto Sedes Sapientiae; mestrado no Instituto de psicologia da USP; publicou o livro “Psicanálise e Budismo: a Construção de um Metarrealismo Psíquico”. É praticante do budismo tibetano Vajarayana desde 1995 e praticante da arte japonesa de harmonização de energia e cura Jin Shin Jyutsu desde 2008.

 

19a. Edição – O ESPELHO

Marjorye, mais conhecida por Marge, nasceu em São Paulo em 85, morou em Cambridge, Sydney, Paris e Berlim. Formou-se em publicidade pela FAAP, canta desde pequena, maqueia, e vaga pelas ruas do mundo em busca de inspiração e novos artistas.

Brenda Gottlieb é psicóloga, Analista da S.B.P.A.( Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica, vinculada a IAAP , International Association for Analytical Psychology). Formou-se em Terapia Ocupacional em 1969, na USP, tendo atuado por 11 anos na área, anteriores a sua formação como analista. Atualmente atende em consultório particular, adultos, casais e famílias. Interessada em arte, aprofundou seus estudos no tema, pesquisando o trabalho artístico feito por psicóticos.

Gica Yabu está sintonizada em uma dimensão paralela onda nem tudo foi definido ou descoberto e as coisas são mais flexíveis. É filha, mãe, esposa, publicitária e enfrenta o espelho todos os dias. Deposita seus escritos em www.verdevelma.com.br.

Débora Tabacof é psicóloga de base lacaniana, formada pela PUC-SP, em 1989. Desde 2001 desenvolve um trabalho de acompanhamento psicológico aos participantes de vários Realitys Shows da TV brasileira. À partir da experiência acumulada com a supevisão psicológica de 23 Reality Shows, publicou diversos artigos científicos sobre este tema.

Cynthia Garcia é jornalista, escritora e historiadora de arte. Carioca, vive em São Paulo, faz parte do seleto time de formadores de opinião do País. Viveu na Inglaterra, na Suíça e nos EUA. Diplomou-se em História da Arte e Artes Plásticas no Fleming College Florence, Florença, Itália. É co-autora de livros como “Enciclopédia da Moda” (Cia. das Letras), “Huis Clos” (CosacNaify), “Um passeio na História” (Arezzo) e “Peter Marino” (Ed. Carta). É mãe de America Cavaliere, it girl e sales manager no ramo das artes, e Pedro Cavaliere, o DJ Drop.

Adriana Peliano por enquanto é uma Alice de renascimento, Rainha e fundadora da Sociedade Lewis Carroll do Brasil, que não sabe quem é Alice e por isso não se cansa de alicinar em suas buscas cosmicômicas.

20a. Edição – O BICHO

Roseli Ribeiro Sayegh, psicoterapeuta de orientação junguiana e técnicas corporais, professora e supervisora do curso de especialização Jung e Corpo do Instituto Sedes Sapientiae e coautora do livro Os Animais e a Psique – do simbolismo à consciência, volume I publicado em 2000 e volume II no prelo.

Maria Helena Monteiro Balthazar, psicoterapeuta de orientação junguiana e técnicas corporais, Mestre em Psicologia clínica pela PUC-SP, professora e supervisora do curso de especialização Jung e Corpo do Instituto Sedes Sapientiae e coautora do livro Os Animais e a Psique – do simbolismo à consciência, volume I publicado em 2000 e volume II no prelo.

Ricardo Amaral Rego: Sou uma pessoa que aprendeu muito nesses anos todos. Aprendi que sem certas coisas em ão a vida fica árida, besta e sem sentido (incluo aqui paixão, tesão, gratidão e perdão). Aprendi que aprender tem um valor relativo, porque tudo está sempre começando de novo. Aprendi que prender a pessoa amada é a coisa mais feia que existe, pois o amor tem asas e foi feito para voar. E também aprendi com os poetas que a vida vale a angústia de viver, que tudo vale a pena se a alma não é pequena, e que se limpássemos as portas da percepção a realidade nos apareceria tal como é: infinita. Se quiser saber mais de mim veja no Facebook.

Lalau é poeta, paulista e publicitário. Laurabeatriz é ilustradora, carioca e artista plástica. Desde 1994, trabalham juntos, criando livros para crianças: são mais de 40 títulos publicados, muitos deles dedicados à fauna, flora, biodiversidade, cidadania, cultura e folclore do Brasil.

Roseli Ribeiro Sayegh, psicoterapeuta de orientação junguiana e técnicas corporais, professora e supervisora do curso de especialização Jung e Corpo do Instituto Sedes Sapientiae e coautora do livro Os Animais e a Psique – do simbolismo à consciência, volume I publicado em 2000 e volume II no prelo.

Move Institute convoca a arte, o design, a cultura, para organizar ações e projetos que gerem polêmica em questões relacionadas à proteção animal. O trabalho é focado na transformação de hábitos, trazendo à sociedade uma clara visão sobre problemas do convívio homem-animal: confinamento, maus tratos, venda, adoção, abandono, exploração.

 

21a. Edição – AZUIS

Carlos R. Neves é jornalista, fotógrafo e escritor. Participou da coletânia “As moscas” (Dulcinéia Catadora) e recebeu uma menção honrosa por sua participação no Prêmio “Off FLIP de Literatura”, em 2008. Tem um romance pronto, muitos contos feitos e outros em composição.

Eliete Eça Negreiros é paulistana, cantora de música popular, doutora em Filosofia pela USP e ensaísta. Surgiu para o público com o LP Outros Sons(1982) dirigido por Arrigo Barnabé. Integrante do grupo da vanguarda paulista gravou também o LP “Ângulos-Tudo Está Dito”( 1986), e os cds “Canção Brasileira- A Nossa Bela Alma”(1992) e “Dezesseis Canções de tamanha Ingenuidade”(1996). Foi duas vezes premiada pela APCA: Cantora-revelação, com Outros Sons, em 1983 e Cantora de MPB, com Canção Brasileira, em 1993. Escreveu “Ensaiando a canção: Paulinho da Viola e outros escritos”, 2011 e agora prepara um outro livro sobre a obra de Paulinho da Viola. Escreve sobre música popular brasileira na Revista Caros Amigos. Assinou a coluna Questões Musicais, do blog da Revista Piauí.

Nick Selway, fotógrafo residente no Havaí, teve seus trabalhos publicados nas revista National Geographic, CBS, New York Daily News, ABC News, UK Daily Mail, Photography Monthly, Surfer Magazine e muitos outros artigos no mundo todo. Nick  tambem recebeu muitos premios incluindo  o Grand Prize 2009 Outdoor Photographer Magazine World Wonders Contest, 2011 Power in Nature, Natures Best Magazine, Smithsonian Exhibition, Earth Shots shot of the Day, Cover of Natures Best Magazine 2011.

Alberto Pereira Lima Filho é Psicoterapeuta. Professor Doutor em Psicologia Clinica. Diretor da Opus Psicologia Ltda.

José Guyer Salles nasceu em São Paulo em 1942. Entre 1962/64, frequentou os cursos livres da FAAP onde aprendeu pintura com Nelson Nóbrega e gravura com Marcelo Grassman. Estudou pintura com Glenio Bianchetti e gravura com Babinski na UNB. Frequentou a Nugrasp em São Paulo, dirigido por Izar do Amaral Berlinki.Viajou para Nova York em 1970,  com bolsa de estudos no Pratt Graphics Center. Permaneceu nessa instituição como professor até 1975. Foi professor de gravura no Art Barn em Connecticut e no Westchester Art Center. Residiu em Nova York até 1984. Nesse periodo importou a primeira prensa para gravura em metal com controle micrometrado que depois veio a ser reproduzida no Brasil e é até hoje modelo de qualidade.Fundou a “Oficina de Gravuras 76 Ltda.” em São Paulo. Reuniu os melhores gravadores de São Paulo e imprimiu gravuras, popularizando essa arte vendendo para hotéis e empresas edições fechadas. Introduziu a arte da gravura para vários artistas que passaram a usar essa técnica como meio de expressão de sua arte.  Trabalhou como curador na Secretaria de Cultura de Itapecerica da Serra – SP

22a. Edição – FÉ

Flavia Cirne é psicóloga, psicoterapeuta e instrutora de Tai Chi. Vive a fotografia como um deleite desde a adolescência, “adormecido” por alguns anos, ressurgindo “despretensiosamente” desde 2008.

Glaucia Rodrigues é graduada em Psicologia pela PUC/SP. Especializada em Abordagem Corporal, Psicologia Junguiana e Cinesiologia pelo Instituto Sedes Sapientiae (SP). Formada em Danças Circulares e Folk Dance Camp pela Universidade do Pacífico – Stockton, Califórnia (EUA). Coautora do livro “Danças Circulares, uma proposta de educação e cura”.Diretora do Centro de Estudos Universais-AUM, associação de caráter sociocultural que desde 1998 promoveu oito Encontros Internacionais de Músicas e Danças do Mundo- Dançando pela Paz e este ano (2013) organizou um grupo de brasileiros para participar do Festival de Fés (Marrocos) de Músicas Sagradas do Mundo.

Jeff Anderson é idealizador do projeto BioUrban e ganhador do Prêmio The Deutsche Bank Urban Age Award.

Regina Datti é produtora cultural. Escreve, pinta e rabisca. Participa com um conto no livro “336 horas”, lançado em junho de 2013.

Carolina Chagas é diretora regional de jornalismo da Rede TV! no Rio de Janeiro, Carolina Chagas é fã de santos. É dela uma série de sete livros publicados pelo Publifolha sobre o assunto. Carolina também fez a pesquisa do documentário Marias, dirigido por Joana Mariani, em fase de montagem. Além disso, escreveu Escoffianas Brasileiras, da editora Larousse, com o chef Alex Atala, trabalhou em O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo, Portal iG e colaborou para revistas como Vogue, Marie Claire e TPM.

Mateus Soares de Azevedo é autor de “Homens de Um Livro Só: o Fundamentalismo no Islã, no Cristianismo e no Pensamento Moderno” (Best Seller, 2008). Traduzido para o inglês e publicado nos EUA por World Wisdom como Men of a Single Book, lá ganhou o prestigiado prêmio literário de Book of the Year de 2011, na categoria Religião Comparada.

 

23a Edição – E SE…

 

Gal Oppido é fotógrafo-ensaísta, com participações em exposições nacionais e internacionais. Entre elas Antífona, em 2011, no Museu Afro Brasil, e  São Paulo Mon  Amour, na Maison de Mettalos, em Paris. Recebeu o premio APCA, como melhor  fotógrafo pelo conjunto da obra, em 1991. Ministra curso de fotografia autoral no MAM-SP, desde 2001.

Victor Hayashida, publicitário e Diretor de Arte, é formado em Comunicação Social e tem especialização em Moda pela FASM, Fashion Institute of Technology em New York e Central Saint Martins em Londres. Hayashida atuou no mercado publicitário por 14 anos como Diretor de Arte e Diretor de Criação para agências de publicidade como Africa, Publicis, Dentsu e Grey.

Safira Lyra é psicóloga e psicanalista.

Luiz Alfaya atua há 8 anos como Gestor de Organizações do Terceiro Setor e tem mais de 15 anos de experiência em Branding, Comunicação e Marketing. Atualmente é Superintendente do Instituto Criar de Tv, Cinema e Novas Mídias, participa do Conselho Superior de Responsabilidade Social da FIESP e do Programa Synergos SeniorFellows.

Ricardo Porto de Almeida é Jornalista e advogado. Trabalhou em revistas de circulação nacional, como Veja e IstoÉ; nos jornais Estado de São Paulo e Folha de São Paulo; e na TV Cultura de São Paulo. Atualmente, atua no Jornal da Gazeta (TV Gazeta SP), onde é editor.

Sofia Carvalhosa é Assessora de imprensa e documentarista amadora. É autora dos curta-metragens “Modesto à Parte” (2012), “Conexão Gonzaga” (2012) e “Caderno Vermelho” (2013).

Manoel Belem é polemico, Físico, debochado, apaixonado pelo conhecimento, escritor do Blog FalsaDicotomia, criador da SpaceTrip4Us, bem cotado no processo de seleção para viagem sem volta para Marte, seu passatempo favorito é imitar o ser humano.

 

24a Edição – AMORES IMPOSSÍVEIS

 Emir Tomazelli é psicólogo, psicanalista e professor de psicanálise no Instituto Sedes Sapientiae.

Cintya Aguiar Nunes é formada em Comunicação Social, redatora atuante no mercado publicitário há quase 20 anos e contadora de histórias voluntária na AACD, desde 2010, pela ONG Viva e Deixe Viver. Há algum tempo, se aventura pela Literatura, testando onde esta costura de verbos e sujeitos pode nos levar.

Victor Kanashiro, paulistano de origem uchinanchu, é músico, performer, sociólogo, economista, professor e pesquisador. Forma, com Eduardo Colombo e Tiago Viudes, a Cia. Casa de Carmela, que está no processo criativo da obra “nomes”. Integra o conjunto Tacape Ibiratema, com Raphael Calheiros. Leciona teclas e canto. Está na última parte de seu doutoramento em Ciências Sociais na Unicamp, em que estuda identidade, performance, autoetnografia e a obra-vida de Yukio Mishima, sob orientação de Richard Miskolci. Acaba de se mudar com Bhagavan-David e Moita Mattos para um lindo casarão que promete! Está na reta final de seu retorno de saturno (I hope). Leonino, faz 30 anos em agosto.

Mônica R. de Carvalho é economista e viveu na Ásia por 10 anos, onde estudou e trabalhou. É professora de pós-graduação em negócios e tem um blog sobre economia no Estadão. Apaixonada por livros, escrita e leituras, é também especialista em literatura latino-americana.

Beto Palaio é escritor e diretor de arte. Ganhou prêmios com suas aquarelas, inclusive o Premio Pirelli do MASP. e Premio Viagem ao Japão para obras nos anos 80. Foi também editor de várias revistas dirigidas em São Paulo. Edita o blog Litteratour. Mora no Rio de Janeiro.

Marilene Damaso de Oliveira é psicóloga clínica. Mestre em Psicologia da Saúde e docente de cursos de especialização em transtornos da alimentação e dependências comportamentais. Publicou artigos nas áreas de especialização. Pesquisadora atual do Proad/ Unifesp sobre A Dimensão Dependente no Amor Romântico.