Arquivo da tag: Juliano Garcia Pessanha

AFORISMOS por Juliano Garcia Pessanha

 

1.

Na escuridão gelada de Helsinque, uma gaivota cruzou o céu e saudou minha cabeça e, no Chile, vi um ramalhete de flores nascendo entre os trilhos do trem… Descobri então, que viajar é aumentar o desconhecido e, um dia, atravessado por tantos lugares e povoado por tantos países, uma palavra surge, como uma gaivota, saindo do peito-portal.

 

2.

No dia em que a malha vermelha pinicou a pele e corri suado rente ao cipreste – queria ter morrido ali! Embora só muitos anos depois eu tenha escutado que o âmbar é a resina dos pinheiros depositada no fundo do oceano, foi ali, enfiado na malha vermelha, que estremeci pela primeira vez ao olhar a gosma alaranjada num toco de lenha. Queria ter morrido ali, olhando para o chão. Queria ter morrido ali, na respiração do odor inédito e, amparado pela obscuridade, teria poupado minha vida da infelicidade do conceito.

                                                             

foto banner: Frantic- Francesco Calvetti


Juliano Garcia Pessanha é escritor e ensaísta. Publicou a trilogia Sabedoria do nunca (1999), Ignorância do sempre (2000), Certeza do agora (2002) além de Instabilidade perpétua (2009), todos  pela  Ateliê Editorial. Vencedor do prêmio Nascente, promovido pela Abril e USP, nas categorias poesia e ficção, graduou-se em filosofia na USP, onde atualmente desenvolve sua pesquisa de doutorado.

 

 

 

 

O QUE ME AFETA 16a. Edição!

Nessa  16a. Edição juntamos um time de primeira, multifacetado, para averiguar como somos afetados e como afetamos, o mundo, o nosso entorno e  a nós mesmos.
Perspectivas sociais, ambientais, pessoais, artísticas, literárias, psicológicas. Do evento trivial, íntimo, aos de caráter coletivo,  que  tem a força de nos  mobilizar como grupo. 

Pedro Abramovay, André Gravatá, Natalia de Barros, Jessica Cooke, Marilene Damaso, Armando Prado e Juliano Garcia Pessanha  ofereceram colaborações  sensíveis, que espero possam encontrar um espaço de reverberação  em cada um de nós.

As edições anteriores podem ser encontradas na barra vermelha, embaixo no site na pagina HOME .  

Deixe-se afetar!

foto banner: Andrey Ivanov Science