Arquivo da tag: Nasa

E SE EU FOR O ESCOLHIDO PARA UMA VIAGEM À MARTE SEM VOLTA? por Manoel Belem

Meu nome publicado no site, não deixa dúvida.

Despedida da minha Terra, terra com letra maiúscula.

Daqui a tempos o horizonte curvo,

Será um ponto pequeno, que caberá na vista.

Imerso no vazio do espaço sideral.

Deixo vestígios em formato de lembranças.

Palavras fugazes perdendo o sentido:

patrimônio? moeda? boleto? moda?

consumo? chopp? carnaval? nação? fronteira?

Sob ponto de vista jurídico vou deixar de existir!

é morrer e continuar vivo…

Quase um fantasma.

Agora poluição visual será apenas um exagero de estrelas e galáxias.

Comida desidratada, alimentando vida em sobrevivência.

Fora da asa de proteção da mãe Terra,

Sem o manto magnético,

me protegendo do vomito solar,

com partículas fétidas,

fustigando minhas entranhas.

Uma jornada tão singular que prescinde de volta.

Vou deixar de ser humano gradativamente.

Quando pousar em Marte,

a distancia-tempo da Terra me fará marciano.

Todos meus conhecidos apenas num ponto luminoso, no céu que me devora.

Não tem nada mais interessante, nos próximos 50 anos,

que morrer humano e ressuscitar marciano.

 

 

foto banner : Marte – 1) Traços que se parecem com garranchos nas dunas  marcam a passagem de redemoinhos de poeira.2) A calota polar ao redor do pólo sul exibe padrões de quebra-cabeça , que ficam pronunciados no verão, quando uma parte do gelo de dióxido de carbono se transforma em gás.  http://viajeaqui.abril.com.br/materias/fotos-de-marte?foto=6#6

 

 

 


Manoel Belem
Polemico, Físico, debochado, apaixonado pelo conhecimento, escritor do Blog FalsaDicotomia, criador da SpaceTrip4Us, bem cotado no processo de seleção para viagem sem volta para Marte, seu passatempo favorito é imitar o ser humano.
.

QUANDO DOIS DOMINGOS CAEM NO MESMO DIA por Flávia Reis

 

 

Marcharemos pela fronteira da hora. Qualquer direção é linha de frente.
Não adianta arrancar a farda humana, desertar da gente mesmo.
Esconder em porão, caverna.

Disseram que devemos seguir, não pensar nisso. Vigiando a sombra, vigiando
a sombra. É preciso vigiar a sombra. Quando estiver no meio de nós, no dia D,
não adianta ser da NASA.

A sensação tem prazo, a consciência, limite, a ciência tem fim. O mundo vai
acabar – eis aí outro nome para a morte. Pedirei a Carontes, o barqueiro,
que me deixe numa ilha. Soube que aceita a moeda em Real.

Estive há pouco apocalipseando, apocalipseando, as cartas de João – que não
é  Bidu, nem ninguém. Provocou nestes (últimos?) dias de existência, um
pecado  capital que me faria descascar cebolas, longe, no inferno, se o inferno
não estivesse  dentro de mim.

Advinha.

Feras, dragão coroado, sete trombetas, sete candelabros. Quatro cavaleiros,
estrela, mulher.

Na ilha de Patmos, meu bem, naquele fim de mundo, um escritor alcança a
estratosfera da boa linguagem. Ideias ideais, epifania ao menos uma vez
na vida.  Quem estivesse lá, em foco, na produção de escrituras, teria
passaporte para  outra  bíblia ou best seller.

Desejo estar em Patmos para o meu desfecho.  Encontrar o
final, o começo, escrevendo, escrevendo, por exemplo, sobre quando dois
domingos caem no mesmo dia, nos tornamos imortais – livro escrito
por dentro e por fora, selado com sete selos.

Dane-se a sombra.

 

 

Flávia Reis é escritora e sente inveja da
obra escrita pelo apóstolo João.

www.flaviareis.com

 

O MUNDO NÃO ACABOU ONTEM – os esclarecimentos da NASA

A NASA está tão convicta que nada vai acontecer no dia 21/12/2012 que,  se antecipando ao fim do mundo, soltou um video que só deveria ir ao ar no dia 22/12.
Batizado de O MUNDO NÃO ACABOU ONTEM,  o vídeo é um esclarecimento formal sobre o Calendário Maia,  planeta Nibiru, explosões solares e outras possibilidades de ameaças, temas tratados pela NASA e seus especialistas como boatos, sem nenhuma base real.

 

O site da NASA  http://www.nasa.gov/topics/earth/features/2012.html

 

Abaixo o texto que o site yahoo news publicou comentando a atitude da Nasa e o vídeo:

Dec. 21, 2012, has long been rumored to be the day of the Mayan apocalypse, when Earth comes to its inglorious end. The good folks at NASA want you to know that isn’t going to happen.

In fact, NASA is so confident that it recently published a video that appears as if it were intended to be aired on Dec. 22. Titled “The World Didn’t End Yesterday,” the four-minute clip explains how the idea of the Mayan apocalypse was a huge hoax and how the rumors began. A commenter on YouTube jokes, “The correct title for this video: Told ya so!—Love, NASA.”

Time magazine reports that the space agency has been besieged with questions from citizens worried that their lives are about to end. NASA is taking the fears seriously, not because there is any danger, but because irrational fears can sometimes lead to irrational and dangerous actions.

[Related: NASA to launch new Mars rover in 2020]

NASA’s official site features an area dedicated to debunking the claims. “The world will not end in 2012,” NASA writes. “Our planet has been getting along just fine for more than 4 billion years, and credible scientists worldwide know of no threat associated with 2012.”

NASA experts go on to explain the origins of the hoax. “The story started with claims that Nibiru, a supposed planet discovered by the Sumerians, is headed toward Earth. This catastrophe was initially predicted for May 2003, but when nothing happened the doomsday date was moved forward to December 2012 and linked to the end of one of the cycles in the ancient Mayan calendar at the winter solstice in 2012—hence the predicted doomsday date of Dec. 21, 2012.”

Nibiru, by the way, is not a real planet. If it were, NASA says the agency “would have been tracking it for at least the past decade, and it would be visible by now to the naked eye.”

Translation: The world isn’t going to end. You still have to finish your holiday shopping. You still have to come up with something fun to do on New Year’s Eve. Sorry.

http://news.yahoo.com/blogs/lookout/nasa-releases-told-ya-apocalypse-video-early-205905003.html

foto banner: The Old Horizont – Geoff Diego Litherland 

 

 

 

 

17a. Edição- O FIM DO MUNDO

Chegamos a 17a. Edição – O FIM DO MUNDO.
Por que as idéias sobre o Apocalipse movem tanto o nosso imáginario?
Sylvia Mello Baptista, Amâncio Friaça, Nestor Muller, Rachel Rosalen, Flávia Reis, Mark Lund e até Carlos Drummond de Andrade e João Cabral de Melo Neto deram suas impressões sobre o evento.
Poetas, seresteiros, astrofísicos, filósofos, teólogos, escritores, psicólogos, estudiosos e até a Nasa foram unânimes: temos muita vida pela frente. Que cada um de nós possa soltar e se desprender do antigo e que sejamos capazes de renascer melhor a cada fim de um ciclo, de um ano, de um mundo.

Em janeiro o forademim tira uma pausa, férias!, e voltamos em fevereiro com uma nova edição.

As edições anteriores estão na barra vermelha, na parte inferior do site, onde estamos construindo a nossa história.

Feliz Ano Novo para todos. Boas festas!

Elza Tamas

 

foto Banner – Elza Tamas sobre fotografia de Grete Stern